Entrada Património
Rua dos Pisadoiros PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

pisadoiros in

 

Nesta rua juntavam-se as mulheres para pisar o esparto, (previamente demolhado nas águas da ribeira) extraindo-lhe a parte lenhosa, ou seja, a casca mais grossa. O som dos maços de madeira ecoava pelas ruas desde as primeiras horas da madrugada até ao nascer do sol. À noite, nos serões à lareira, ou nos pátios da aldeia, torciam, entre as mãos calosas, a fina e delicada baracinha.

 

Havia aqui três grandes pedras em calcário onde se pisava o esparto, designadas por pisadoiros. Hoje somente se pode ver um pedaço de uma delas, num dos cantos da parede desta rua.

Os painéis de azulejos aqui colocados contam um pouco da história da manufactura do esparto na aldeia de Alte.

O desenho é de Vítor Borges e os azulejos foram executados por Vítor Cassanheira, na Cerâmica d’ Alte.

 Voltar á Página Inicial do Patrimonio

 

Próximos Eventos

Informações Úteis